HostGator » Portal de Suporte

 

Categoria:

Configurações do PHP


Estamos executando PHP 5 em todos os nossos servidores. A versão padrão do PHP no seu servidor depende do seu tipo de hospedagem.

Antes de fazer a mudança, tenha em mente que é possível que ocorram problemas de compatibilidade, pois códigos PHP mais antigos podem não ser compatíveis com novas versões do PHP.

Tenha isto em mente: Recomendamos que você verifique junto ao desenvolvedor da aplicação se existe uma versão disponível para o PHP desejado.

Como habilitar

Siga as instruções abaixo, de acordo com o tipo de plano que possuir.

Hospedagem Compartilhadas (P, M, Business, Plus) ou Revendas

Atualmente, temos o PHP 5.3.10 (ou superior) instalado em todos os nossos servidores. Um handler (controle) para o PHP 5.3 permite que essa versão do PHP seja utilizada nas contas de hospedagem comum ou revenda. Para fazer uso desse handler, adicione o seguinte código ao seu arquivo .htaccess:

Habilitar o PHP 5.3

# Habilitar o PHP 5.3
AddHandler application/x-httpd-php53 .php
<IfModule mod_suphp.c>
suPHP_ConfigPath /opt/php53/lib
</IfModule>

Habilitar o PHP 5.4

# Habilitar o PHP 5.4
AddHandler application/x-httpd-php54 .php
<IfModule mod_suphp.c>
suPHP_ConfigPath /opt/php54/lib
</IfModule>

Habilitar o PHP 5.5

# Habilitar o PHP 5.5
AddHandler application/x-httpd-php55 .php
<IfModule mod_suphp.c>
suPHP_ConfigPath /opt/php55/lib
</IfModule>

Habilitar o PHP 5.6

# Habilitar o PHP 5.6
AddHandler application/x-httpd-php56 .php
<IfModule mod_suphp.c>
suPHP_ConfigPath /opt/php56/lib
</IfModule>

Habilitar o PHP 7.0

# Habilitar o PHP 7.0
AddHandler application/x-httpd-php70 .php
<IfModule mod_suphp.c>
suPHP_ConfigPath /opt/php70/lib
</IfModule>

Você pode editar o seu arquivo .htaccess via FTP ou através do Gerenciador de Arquivos do cPanel. Para mais informações sobre como fazer isso, consulte nosso artigo: Como utilizar o gerenciador de arquivos.

Servidores dedicados Linux

Não utilize o handler mencionado acima. Em vez disso, envie um email para suporte@hostgator.com.br a partir do seu email de cadastro, solicitando que o Apache seja recompilado para usar o PHP 5.3 ou superior

Servidores dedicados Windows

Não utilize o handler mencionado acima. Em vez disso, envie um email para suporte@hostgator.com.br a partir do seu email de cadastro, solicitando que o PHP 5.3 ou superior seja instalado.

VPS com cPanel

Não utilize o handler mencionado acima. Em vez disso, envie um email para suporte@hostgator.com.br a partir do seu email de cadastro, solicitando que o PHP 5.3 ou superior seja instalado.

VPS sem cPanel

Contas VPS sem cPanel (que só possuem o Virtuozzo Power Panel) não vêm com qualquer versão do PHP instalada. Você pode instalar a versão do PHP que desejar. Observação: contas VPS sem cPanel (que só possuem o Virtuozzo Power Panel) são consideradas sem gerenciamento, de modo que você mesmo precisará compilar e instalar o o PHP.


Atenção

Se você está utilizando um arquivo php.ini customizado que faz referência a módulos que não estão disponíveis no PHP 5.3, seu site pode não funcionar. Remova esse arquivo php.ini customizado (o que fará o servidor recorrer ao php.ini default do PHP 5.3), ou crie um arquivo php.ini que seja compatível com o PHP 5.3 ou superior.


Alterando Configurações do PHP com o arquivo php.ini

O php.ini é um arquivo especial utilizado pelo suPHP (pronunciado sue-p-h-p).

É no arquivo php.ini que você declara mudanças nas suas configurações PHP. Você pode utilizar as configurações padrão do servidor, editar um arquivo php.ini existente para mudar configurações específicas, ou criar um novo arquivo de texto e chamá-lo de php.ini.

Configurações Padrão

O servidor já está configurado para utilizar as configurações do PHP que nossos administradores de sistema julgaram adequadas para a maioria dos clientes. A não ser que você precise mudar uma ou mais configurações, não é preciso criar um php.ini ou modificar um php.ini existente. Se o arquivo php.ini não existir em sua conta, o seu site utilizará as configurações padrão do servidor.

Fazendo Mudanças - Práticas corretas

É melhor fazer uma cópia do php.ini padrão para a pasta home do seu usuário cPanel (/home/usuário/), e realizar as alterações nessa cópia (Plesk: veja abaixo).

Se você precisa de um arquivo php.ini para a sua conta, por favor contate nosso suporte via chat ou email. Podemos gerar um php.ini completo para você.
Localização do php.ini customizado

A cópia do php.ini precisa ser colocada na localização abaixo:
cPanel: /home/usuário/php.ini
Plesk (contas VPS): /var/www/vhost/$DOMÍNIO/etc/php.ini

Coloque o nome de usuário real no lugar de "usuário" , e o nome do domínio no lugar de $DOMÍNIO.

Como fazer alterações - ferramenta QuickConfig (ou “EZConfig”) do cPanel
  1. Você também pode fazer alterações no php.ini utilizando a ferramenta “php.ini QuickConfig”, disponível na seção “Software/Serviços” do cPanel:
  2. Acesse o cPanel.
  3. Clique em php.ini QuickConfig na seção “Software/Serviços".
  4. Se a ferramenta não estiver habilitada, clique em “Enable QuickConfig”.
  5. Altere as configurações. Clique no botão “Save Changes”.
AVISO: Mudanças realizadas utilizando o php.ini QuickConfig podem se sobrepor às configurações atuais do PHP (conforme declaradas no seu atual arquivo php.ini).
Como fazer alterações - método alternativo para cPanel

Em vez de solicitar que criemos e configuremos um arquivo php.ini para você, você pode colocar o php.ini na pasta home do seu usuário (/home/usuário) e então adicionar este código ao seu arquivo .htaccess primário (/home/usuário/public_html/.htaccess).

Substitua “usuário” pelo nome de usuário do cPanel

Observação: Embora seja possível criar um php.ini que contenha somente as mudanças que você quer realizar, a prática mais correta é modificar um arquivo php.ini existente para se adequar às suas necessidades.
<IfModule mod_suphp.c>
suPHP_ConfigPath /home/usuário
<Files php.ini>
order allow,deny
deny from all
</Files>
</IfModule>

Algumas mudanças que você precisa fazer ao mudar de um ambiente PHP inseguro para o suPHP:

Se, por exemplo, o seu site tivesse estas configurações em um arquivo .htaccess:

php_flag upload_max_filesize 10M
php_value post_max_size 10M
php_value max_execution_time 30

Usuários do SuExec/suPHP precisam retirá-las do .htaccess e colocá-las em um arquivo php.ini. A sintaxe correta seria:

upload_max_filesize = 10M
post_max_size = 10M
max_execution_time = 30

Configurações PHP que não podem ser alteradas

Planos de hospedagem comum e revenda rodam a partir de ambientes compartilhados. Para que a estabilidade do servidor seja mantida, esses planos possuem certos limites em termos de mudanças de configuração que podem ser feitas. Proprietários de servidores dedicados e VPS não enfrentam os mesmos limites que os clientes de contas de hospedagem comum e revenda, e podem mudar todas as configurações do arquivo php.ini.

Hospedagem comum e revendas

Nos nossos servidores de hospedagem comum e revenda, o PHP é configurado da seguinte maneira:

safe mode = Off (impossível ajustar)
memory_limit = 256M (MÁXIMO)
max_execution_time = 30 (MÁXIMO em segundos)
max_input_time = 60 (MÁXIMO em segundos)
post_max_size = 64M (MÁXIMO)
upload_max_filesize = 64M (MÁXIMO)
enable_dl = Off (impossível ajustar)

Em contas de hospedagem comum e revenda, as configurações acima não podem ser alteradas ou não podem exceder os limites especificados. Esses limites existem para impedir o uso exagerado de recursos do servidor em ambientes compartilhados. É fato que a maioria dos scripts PHP funcionará normalmente dentro desses limites, e scripts que requerem mais recursos se adequarão melhor a servidores dedicados ou VPS.

Configurações de variáveis que podem ser alteradas

Por padrão, as variáveis seguintes são definidas da seguinte maneira:

register_globals = on
magic_quotes_gpc = off
output_buffering = off
display_errors = on

Estas configurações, e quaisquer outras configurações do PHP não mencionadas acima, podem ser alteradas utilizando um arquivo php.ini customizado, que deve ser colocado na mesma pasta do script que precisa das configurações.

Configurações de variáveis que podem ser adicionadas

Por padrão, as variáveis seguintes não estão definidas no php.ini:

max_input_vars (Os valores max_input_vars acima de 2000 existe uma vulnerabilidade no PHP que pode ser explorada caso este valor seja muito acima)
Como criar um arquivo phpinfo.php

Na página phpinfo.php, a versão do PHP pode ser visto no topo do arquivo, bem como a versão atual do MySQL.

Você também pode usar phpinfo para verificar as configurações específicas do PHP como safe_mode .
phpinfo.php

  1. Na pasta public_html de seu site, crie um arquivo chamado phpinfo.php

  2. Insira um dos seguintes seleções de código para o arquivo phpinfo.php:

    Mostrar todas as informações PHP
    #O seguinte código é utilizado para exibir todas as informações sobre PHP.
    <?php
    phpinfo (); // Isto seria usado para exibir todas as informações de PHP disponíveis para a instalação.
    ?>


    Mostrar todos os modulos instalados
    #O código a seguir é utilizado para ver os módulos instalados e seus valores atuais.
    <?php
    phpinfo(INFO_MODULES); // Isto seria usado para exibir os módulos instalados e os seus valores de corrente.
    ?>


    Mostrar as configurações do php.ini
    #O seguinte código para exibir as configurações que você efetuou através do php.ini ou para revisar o que está configurado através das configurações padrão.
    <?php
    phpinfo(INFO_CONFIGURATION); // O seguinte código para exibir as configurações que você efetuou através do php.ini ou para revisar o que está configurado através das configurações padrão.
    ?>
  3. Abra um navegador de internet.

  4. Digite o seguinte na barra de endereços do seu navegador:
    http://dominio.com.br/phpinfo.php

    Certifique-se de substituir "dominio.com.br" com o seu domínio real.

Atenção: A HostGator não possui meios de saber por que você precisa mudar essas configurações. Assumimos que você está fazendo isso a pedido do seu web designer ou desenvolvedor.
Servidores dedicados e VPS

Em servidores dedicados e VPS, essas configurações podem ser alteradas e quaisquer valores podem ser utilizados.

Proprietários de servidores dedicados e VPS podem alterar os limites acessando a função “Service Configuration” > “PHP Configuration Editor” do WHM.

Tenha isto em mente: embora em um dedicado ou VPS você possa mudar essas configurações e utilizar qualquer limite que desejar, um servidor incorretamente configurado terá um desempenho ruim e poderá até mesmo sair do ar. A não ser que tenha motivos específicos para mudar as configurações do PHP, é recomendável que deixe-as no padrão ou use as configurações recomendadas para o script ou aplicação que está rodando.

Artigos Relacionados


Última atualização: 13-08-2015 16:31
Autor: : Gustavo Andretti
Revisão: 1.0

Categorias

Links Importantes

Envolva-se

  • Formas de Pagamento
  • Visa, Master, Dinners, Boleto e PayPal